Home > Blog >

Dentes do bebê: como cuidar

Dentes do bebê: como cuidar

03/06/2020

O nascimento  dos dentes do bebê costuma assustar muitos pais. Nessa etapa, mesmo que o bebê esteja  trocado, alimentado e saudável, algum incômodo pode surgir, e muitas vezes o surgimento dos dentes é a última coisa a ser considerada. 

Mas existem sinais que indicam o surgimento dos primeiros dentinhos e cuidados necessários que precisam ser tomados. Por isso, hoje vamos explicar como cuidar da primeira dentição do seu bebê e como aliviar o desconforto dessa fase. Boa leitura!

Ouça este conteúdo:

Dentinhos mês a mês

A erupção dos primeiros dentes do bebê (conhecidos como dentes decíduos ou dentes de leite) costuma ocorrer entre os 4 e 10 primeiros meses de vida, mas esse tempo pode ser alterado por alguns fatores. 

O tempo de erupção dos dentes decíduos está associado a diversos fatores. Levantamentos bibliográficos identificaram que os fatores envolvidos são: tempo de amamentação, condições da gestação, gênero, etnia, alterações sistêmicas, aspectos socioeconômicos, estado nutricional da criança e prematuridade. 

De modo geral, os dentes dos bebês surgem a partir do 6º mês, sendo mais comum o surgimento entre os 10º e 12º mês de vida. Este processo encerra entre os 30º e 31º mês (aproximadamente, aos 2 anos e  meio), quando a criança completa os 20 dentinhos

Os primeiros dentes a nascer também podem variar entre incisivos centrais superiores e inferiores, e os últimos entre molares superiores e inferiores, esquerdos e direitos. 

Como vimos, são vários os fatores que podem determinar o tempo e a sequência da erupção dos dentes de leite. Por isso, não se assuste se eles começarem a surgir aos 6 meses, ou se parecer que está demorando. Para qualquer dúvida, consulte sempre um(a) dentista.

Sinais de aparecimento dos primeiros dentes

É normal que os pais levem um tempo para perceber que o incômodo do bebê está relacionado ao surgimento dos primeiros dentes. Por isso, separamos alguns sinais que costumam indicar que esse momento está chegando:

  • aumento da temperatura corporal;
  • corrimento nasal; 
  • aumento da salivação; 
  • perturbações gastrintestinais; 
  • perda de apetite; 
  • irritabilidade; 
  • alterações no sono;
  • vermelhidão na gengiva e
  • necessidade de esfregar objetos na gengiva.

Em relação ao último item dessa lista, é importante ter em mente que durante o processo de erupção dental deve-se cuidar para que o bebê não tenha acesso a objetos pontiagudos ou cortantes.

Cuide dos dentes do bebê

É comum ver pais que negligenciam a saúde da primeira dentição das crianças. Pensa-se que “tudo bem, são apenas dentes de leite… os permanentes ainda vão sair”, mas isso é um grave engano

Os dentes de leite têm função vital durante a primeira infância e todo o desenvolvimento infantil. Assim como os dentes permanentes, os decíduos têm diversas funções: 

  • auxiliar a alimentação do bebê;  
  • estimular o crescimento ósseo e dos músculos da face;
  • guardar o espaço dos dentes permanentes;
  • ajudar na pronúncia da fala;
  • e, ainda, função estética.

A Associação Internacional de Traumatologia Dentária (IADT) relata que lesões na dentição decídua ou, até mesmo, no osso alveolar (que protege a raiz dos dentes) pode causar uma série de problemas. Entre eles estão a má formação dentária, dentes impactados (que não conseguem irromper), distúrbios de erupção da dentição permanente (dentes permanentes que já nascem com problemas), descolorações e, até mesmo, hipoplasia (má formação do esmalte dental).

Por isso, ter cuidados com os dentes do bebê é muito importante. Estimular bons hábitos de higiene bucal durante toda a infância é fundamental para que as crianças desenvolvam hábitos saudáveis e tenham menos problemas no futuro. 

Dicas de cuidados e alívio do desconforto

As seguintes dicas ajudam você a desenvolver o sorriso do seu bebê e aliviar o incômodo que eles sentem durante o surgimento dos primeiros dentinhos: 

Escove a gengiva do seu bebê

Use uma escova dental massageadora, tipo “dedeira”. Isso ajuda a aliviar a irritação, pois massageia as áreas onde os dentes irromperão. 

Escove os dentes do bebê pelo menos 2 vezes ao dia 

Quando os decíduos começarem a irromper, escove-os e massageie a região com uma escova dental  infantil de cerdas macias, cabeça pequena e indicada para a idade do bebê. 

A  escovação deve ser realizada após o café da manhã, almoço e à noite, após a última refeição. Se o bebê/criança ainda mama, é importante realizar a higiene bucal após a última mamada, para que não fiquem resíduos de leite nos dentinhos, o que pode ocasionar a chamada ” cárie de mamadeira”. 

Uso do creme dental 

Na hora de escolher o creme dental infantil, recomenda-se o uso de creme fluoretado com concentração em torno de 1100 PPM. Esta informação aparece normalmente na parte de trás das embalagens.  

O flúor é muito importante para a prevenção da cárie dentária, mas é importante não exceder a quantidade! 

Para crianças que ainda não sabem cuspir, use o equivalente a um grão de arroz, e sempre supervisionado por um adulto, pois não deve ser engolido. Converse com um dentista antes de iniciar o uso do creme dental! 

Ofereça uma alimentação nutritiva

Uma alimentação rica em vitaminas e minerais, e pobre em açúcares, é fundamental para que os dentes do bebê cresçam fortes, saudáveis e resistentes ao ataque das cáries. 

As recomendações mais recentes sugerem que o contato com açúcar deve ocorrer o mais tarde possível, de preferência não antes dos dois anos de idade.

Primeira visita ao dentista

A primeira consulta do bebê ao dentista deve ocorrer logo após o bebê completar 6 meses de vida,  ou ao início da erupção dos dentes de leite

Isso garante que a criança  tenha consultas preventivas e desenvolva hábitos saudáveis desde cedo, evitando problemas nos dentes de leite e também nos permanentes. As consultas posteriores são agendadas de acordo à necessidade. 

Tem alguma dúvida sobre os dentes do bebê? Então entre em contato com a Redeplus, conheça nossa equipe de odontopediatria e conte com a ajuda dos nossos especialistas!

Camila Gaspari Locatelli

Leia também